quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Em exibição, num cinema perto de si

Seguindo a comunicação social e os agentes políticos é fácil acreditar que os problemas do país se confinam ao governo e à oposição, aos seus líderes, ao debate sobre o orçamento e à conjuntura internacional. E que se houver um entendimento, qualquer que seja, estaremos no bom caminho. Mas o "mundo real" vai muito para além disso, e aí estão também raízes para a actual situação do país.

"Aquilo que encontrei sempre foi um comportamento, em termos de boa gestão financeira e boas normas internacionais, incompetente e desleixado."

Carlos Moreno, juiz jubilado do Tribunal de Contas em entrevista ao Expresso, publicada na edição de 9 de Outubro de 2010.

3 comentários:

Ana Paula disse...

Ainda bem, Miguel, que remetes para a declaração deste Juiz jubilado, cuja entrevista acompanhei com muito interesse no "pessoal e transmissível" da TSF. Gostei muito de o ouvir e gostaria ainda mais de lhe perguntar a razão pela qual, quando estava em funções, não denunciou aquilo que vem agora revelar em livro...É que a gestão danosa do "país real", designadamente daquilo que teve ( tem) a ver com as despesas de Estado é sempre de algum modo ratificada pelas Senhores do Tribunal de Contas...

Mig disse...

Não costumo ler os relatórios do TC, mas é provável que lá se encontre muito do que agora foi dito de outro modo e com mais eco.

Ana Paula disse...

É provável...Com mais eco, duvido...e sobretudo pergunto-me com que efeitos práticos... Quantos casos clamorosos foram chumbados pelo TC?